Campeões de 2000 se reencontram em Lages para celebrar 20 anos do título

Este sábado (18/1) foi dia de celebrar uma das conquistas mais marcantes da história do Inter de Lages. Com um reencontro na cidade, campeões da segunda divisão em 2000 relembraram o título e receberam homenagens pelo feito, que completará 20 anos no próximo dia 9 de julho.

As celebrações começaram à tarde, no Estádio Vidal Ramos Júnior. Em um jogo festivo, atletas do grupo campeão naquela temporada (com a companhia de integrantes da comissão técnica) enfrentaram um combinado formado pela imprensa da cidade e alguns convidados. O time de 2000 venceu por 3 a 1.

A equipe dos ex-atletas abriu o placar aos 21 minutos do primeiro tempo. O meia Everton, um dos titulares da campanha da conquista, bateu da intermediária, com força, e acertou o canto direito do goleiro Greik. O lateral esquerdo Júnior, também titular em 2000, ampliou aos 30 minutos, de cabeça, após receber levantamento que partiu da intermediária. Vinícius fez o terceiro com um chute forte da entrada da área, no ângulo esquerdo.

Zé Melo, um dos melhores em campo, marcou de pênalti para o combinado da imprensa. O ídolo colorado, maior artilheiro da história do clube – foram 93 gols, segundo os registros existentes – e hoje comentarista da Rádio Clube de Lages, chutou para fora na primeira tentativa, mas a árbitra Daiane Madeira ordenou uma nova cobrança. O artilheiro da camisa 7 não podia sair de campo sem balançar as redes: afinal, neste domingo (19/1), Zé Melo completa exatos 60 anos de vida.

Houve homenagens também a quem não está mais entre nós. Antes do início da partida, os jogadores respeitaram um minuto de silêncio em memória de Roberto Caramuru, treinador que comandou o time em metade dos 26 jogos da campanha de 2000. Falecido no dia 4 de julho de 2016, Caramuru foi campeão estadual pelo Inter como jogador em 1965 e vice-campeão como técnico em 1974.

Em 2000, Caramuru foi substituído por Tonho Gil, que não perdeu nenhum dos 13 jogos em que esteve à frente da equipe. O treinador campeão estava no Vidal Ramos Júnior no jogo festivo deste sábado, e recebendo suas orientações estava também Mazinho, filho de Caramuru. No título de 20 anos atrás, Mazinho atuou como meia e também lateral esquerdo.

À noite, os campeões de 2000 e todos os envolvidos com o reencontro participaram de um churrasco no Pinheirinho, sede de campo do Sindicato dos Servidores de Lages. Lá, o presidente do Inter, Cristopher Nunes, entregou a cada atleta e integrante da comissão técnica um exemplar de Aquelas Camisas Vermelhas, livro escrito por Mauricio Neves de Jesus que conta a história do Inter de Lages. A recordação foi também um atestado: a história do clube só pôde ser escrita porque o grupo campeão há duas décadas ajudou a construí-la.

Parabéns, campeões, e obrigado!

texto: Patrick Cruz/Inter de Lages

Fotos; Fábio Riscarolli/ Lages esportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: